quarta-feira, 16 de maio de 2018

Roby Amorim e o Elucidário de Conhecimentos Quase Inúteis


Sobre Roby Amorim já se escreveu aqui. Também pode encontrar mais elementos sobre ele aqui. Inserem-se agora duas notícias, uma de O Jornal, assinada por Fernando Dacosta: outra, do Diário Popular, da autoria de Orlando Raimundo e Eduardo Guerra Carneiro. Ambas de 1985, e referentes à obra então publicada, Elucidário de Conhecimentos Quase Inúteis. (material chegado através de Manuel José Nunes de Almeida)




sábado, 12 de maio de 2018

Para uma história das agências noticiosas em Portugal - o primeiro Livro de Estilo


A ANOP terá sido o primeiro, ou um dos primeiros OCS portugueses a reger-se por um Livro de Estilo. Teve-o a partir de Julho de 1981. A Administração louva Maria Luísa (Metzner) Leone pela contribuição que deu para ele. (Espólio João Pedro Martins)



























sábado, 28 de abril de 2018

Para uma história das Agências Noticiosas em Portugal - reunião de chefias, ANOP


S/D, anos 1980. Na cave da ANOP, na Rua Júlio de Andrade. As chefias da Redacção reunidas. Da esquerda para a direita: Fernando Baião (Fotografia), Carlos Veiga Pereira (África), Ferreira Marques (Arquivo), Luís Paixão Martins (Desk), Artur C. Margalho (Internacional), Wilton Fonseca (Direcção de Informação), Jose Manuel R Barroso (Director de Informação), Fernando Correia de Oliveira (Chefe de Redacção), Luís Pinheiro de Almeida (Política), Domingos Neves (Economia), Moura George (Cultura), Andrade Santos (Sociedade), Júlia Fernandes (Trabalho) e Mário Moura (Desporto). (espólio João Pedro Martins)

Para uma história das agências noticiosas em Portugal - comunicado de Dutra Faria, 1974


Telegrama da ANI, distribuído aos seus clientes, em Maio ou Junho de 1974. Nela, o fundador e Director Executivo, Francisco Dutra Faria, refere a situação difícil da Agência, na sequência da queda do regime em 25 de Abril desse ano e antes do Estado a comprar. (espólio João Pedro Martins)

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Para uma história das agências noticiosas em Portugal - a assinatura com iniciais


Nota da Chefia de Redacção, assinada por Fernando Correia de Oliveira, regulando as iniciais que "assinavam" os cabeçalhos dos telexes produzidos na ANOP. Anos 1980. (Espólio João Pedro Martins).







quarta-feira, 18 de abril de 2018

Para uma história das agências noticiosas em Portugal - João Carreira Bom e Adriano Carvalho na Direcção do Sindicato dos Jornalistas


Notícia no jornal Tempo de 14 de Agosto de 1975. Fala-se da vitória de uma lista próxima do MRPP para o Sindicato dos Jornalistas, liderada por Mário Contumélias. Que incluia alguns jonalistas que, mais tarde, entrariam na ANOP, nomeadamente com a extinção do jornal O Século, em finais de 1979, como João Carreira Bom ou Adriano Carvalho (este, à direita, na foto, onde também se identifica Ribeiro Cardoso). Espólio João Pedro Martins.

terça-feira, 17 de abril de 2018

Para uma história das agências noticiosas em Portugal - extinção da ANOP


A revista Mais, de 6 de Agosto de 1982, com um dossier ANOP, da autoria de Cristina Arvelos, sobre a decisão de 29 de Julho desse ano, tomada em Conselho de Ministros, de extinção da agência (espólio João Pedro Matins)